fbpx

Tudo pronto para a escolinha?

Já escolheu a creche, certo? Então, a tarefa de escolher a mochila será fácil 😉

Reconforta saber que todas as mamães passam por essa difícil decisão. Independentemente da circunstância financeira, a família busca uma ajuda externa para dar continuidade nas tarefas do seu cotidiano. Afinal, a vida continua!

Muitas famílias são presenteadas com essa estrutura (dentro de casa), o que oferece segurança e conforto emocional, enquanto os pais trabalham durante o dia.

É importante entender a importância de integrar o seu filho na escola. Fica claro que além de todo aprendizado recebido por um profissional, esse “meio período” na escola, não é estressante para a criança, e sim, contribuirá com o seu desenvolvimento e valores.

Claro que ficará exposto às viroses comuns – não desejadas da infância, mas como toda mudança, uma vez mantendo toda a organização e proporcionando tranquilidade para todos, é praticamente uma satisfação de proporcionar essa rotina. Entenda como uma decisão que será adequada para a família, e um momento que será analisado os pontos positivos e negativos desta decisão.

Momento da escolinha

A partir de dois anos, a rotina das crianças na escola é bem diferente. Afinal, sua locomoção, expressão e gestos são praticamente assertivos, entendendo o que os outros dizem. Já possuem uma certa formação de opinião e gostos particulares.
É muito comum as crianças apresentarem nesta fase uma curva para a arte, explorando texturas e alguns materiais disponíveis em casa, apresentando suas tarefas e desenhos. Para eles, é praticamente uma equação, então, responda com interesse e diálogo. Isso permite o estímulo e motivação para continuarem na escola e aperfeiçoar ainda mais seu aprendizado.

Bem, se você passou super bem na fase do deixar o seu pequeno na escola, muito provavelmente escolher a mochila, será algo fácil e divertido.

Vamos te ajudar e deixar tudo bem alegre! Como deve ser!

Mochilas Divertidas

Nessa fase do desenvolvimento, é muito importante aprender a conviver com outras pessoas, adultos ou crianças, como:

  • respeitar o outro;
  • não ultrapassar determinados “limites”;
  • saber escutar;
  • dividir,
  • fazer silêncio quando necessário;
  • evitar atos de violência, como morder ou bater;
  •  capacidade cognitiva ( lúdica e divertida);
  • brincadeiras com crianças da mesma idade estimulam a um mundo imaginário essencial para a criatividade, extremamente fundamental nas fases posteriores da vida.

Não tenha dúvida, a partir de dois anos de idade, a escola tem um papel importantíssimo para o crescimento do seu filho.

Compartilhar com:

PinterestLinkedInFacebookTwitterEmailPrint