fbpx

Saúde do bebê

O teste do pezinho detecta precocemente várias doenças, o que pode causar alteração no desenvolvimento do bebê

Popularmente conhecido como teste do pezinho (coleta do sangue é feita a partir de um furinho no calcanhar do bebê), é um exame laboratorial, chamado também de triagem neonatal.

A picadinha é bem dolorida, que acaba deixando a mãe super apreensiva, pois os bebês choram muito. O calcanhar é uma região rica em vasos sanguíneos e a coleta do sangue é feita rapidamente com um único furinho. Mas para os pequenos é uma nova sensação, por isso o choro.

Esse exame é realizado em grande parte nas maternidades quando o bebê completa 48 horas de vida. Antes disso, o teste pode sofrer influência do metabolismo da mãe. O exame também é feito em laboratórios.

O ideal é que o teste seja feito até o sétimo dia de vida. Basta apenas uma picada no calcanhar do bebê para retirar algumas gotinhas de sangue que serão colhidas num papel filtro e levadas para serem analisadas.

Prevenindo doenças graves – Para quem não sabe, o teste do pezinho é obrigatório por Lei em todo o Brasil e a simples atitude de se realizar o exame faz com que doenças causadoras de sequelas irreparáveis, no desenvolvimento mental e físico da criança, sejam detectadas e tratadas mesmo antes do aparecimento dos sintomas.

O diagnóstico precoce oferece condições de um tratamento iniciado nas primeiras semanas de vida do bebê, evitando a deficiência mental. A deficiência, uma vez presente no corpo, já não pode ser curada.

Existe uma nova versão do teste (caro e muito sofisticado), mas não disponível na rede pública. O teste identifica mais de 30 doenças antes mesmo das manifestações dos sintomas. Lembrando que o exame habitual é obrigatório e gratuito. Exija seus direitos!

Observações: 

  • Busque o resultado, e qualquer alteração no resultado, leve para o médico examinar.
  • Caso tenha que repetir o exame, fique tranquila para obter total assertividade.
  • O teste não diagnostica, por exemplo, a Síndrome de Down.

Dica:

Para aliviar a dor, alguns estudos têm mostrado que os bebês sentem menos dor ao realizarem o Teste do Pezinho, estiverem na posição Canguru, se tranquilizam mais rápido após realizar o teste, sofrer menos e param de chorar antes…

Proporcione conforto para a criança, a mantendo junto ao corpo da mãe apenas usando fralda e de preferência amamentando, pelo menos 3 minutos antes da picada. A posição deve ser mantida durante a picada do teste e mantida por mais 3 minutos após o fim do exame.

Compartilhar com:

PinterestLinkedInFacebookTwitterEmailPrint