Consultas com o pediatra

Considerações e esclarecimentos

É recomendado que você escolha o pediatra antes mesmo de o bebê nascer, e de preferência, marque uma consulta de pré-natal com ele.

Caso você ainda não tenha um pediatra para o seu filho, listamos algumas indicações para auxiliar na escolha:

  •         Caso a criança possua convênio de saúde, obtenha informações sobre os médicos indicados;
  •         Troque indicações com amigos, parentes ou pacientes do médico que tenha escolhido para o atendimento;
  •         Se ele for acompanhado em instituição pública, verifique sobre procedimentos emergenciais, e se não estiver disponível, veja como agir diante dessa situação;
  •         O mesmo vale para o médico que atende apenas em consultório particular, questione sobre os possíveis atendimentos emergenciais.

O Ministério da Saúde recomenda um calendário mínimo para atendimento à criança, nos primeiros 2 anos de vida, na rede pública:

1 mês;

2 meses;

4 meses;

6 meses;

9 meses;

12 meses;

18 meses;

24 meses.

O que fazer

Ao sair da maternidade, a primeira consulta com o pediatra deve ser feita entre o 5º e o 15º dia de vida do bebê.
Qualquer situação desconhecida ou dúvidas, o bebê pode ser visto antes.

Consideramos de forma padrão, uma consulta entre o 5º e 15º dia de vida e consultas mensais até o 6º mês são necessárias para se esclarecer dúvidas, rotina do sono, amamentação, alimentação entre outras. Abaixo o seguinte calendário de visitas:

  • Primeira consulta: entre o 5º e 15º dia de vida do bebê;
  • Consultas mensais: Até o 6º mês de vida;
  • Depois desse período: Consultas com:
    • 9 meses;
    • 12 meses;
    • 18 meses;
    • 24 meses.

O que levar

Uma Mochila para deixar o dia a dia muito mais prático. É indispensável para guardar as coisinhas do bebê e cabe dentro exatamente no que você precisa, seja para uma viagem ou um passeio, levando apenas as peças essenciais.

Higiene e troca:

– 01 álcool em gel (higienizar as mãos);

– 01 Trocador ou fralda para forrar a superfície;

– 01 lenço umedecido;

– 03 a 05 Fraldas descartáveis;

– 01 pomada para tratamento e/ou prevenção de assadura;

– roupa extra;

– casaquinho (para dias mais frios);

– 01 sacola pequena para armazenar a roupa suja.

 

Fonte: Sociedade Brasileira de Pediatria

Compartilhar com:

PinterestLinkedInFacebookTwitterEmailPrint