Vamos blogar sobre o “número dois”?!!

Seu pequeno precisa de uma forcinha para fazer o “número dois”?

Este não é certamente um assunto no qual gostamos de falar, mas é algo tão comum e normal como dizer “Bom dia ou Boa tarde”, não é mesmo?! Fazer cocô é tão importante como comer ou dormir.

A prisão de ventre dos pequenos, é, sem dúvida uma circunstância que desafia, e as vezes é preciso dar uma forcinha, por se tratar de uma situação muito desconfortável e estressante para a criança.

Uma preocupação que se estende para os pais, afinal, somente com o crescimento dos filhos que este tipo de “responsabilidade parental” diminui.

Existem dietas naturais que contribuem para um ótimo resultado. Equilibra o ritmo (várias vezes por dia), a consistência e a “naturalidade” da ação (avalie sempre a cor).
Enquanto são bebês, é comum essa frequência, e depende muito do tipo de leite que ele mama (leite materno ou fórmula industrializada). Os bebês que mamam exclusivamente no peito (o mais indicado pela Sociedade Brasileira de Pediatria) fazem cocô diversas vezes por dia (normalmente, após cada mamada).

A partir do momento em que os pequenos já não são mais bebês, um ou dois dias sem evacuarem, não necessariamente significa prisão de ventre. Cada um, tem o seu ritmo e/ou intestino que  funcione corretamente, como um reloginho!

Fiquem atentos! Os sinais podem ser vários:

  • fezes duras e ressecadas
  • dores de barriga constantes
  • barriga inchada e enrijecida
  • falta de apetite
  • fezes líquidas que suja a fralda e a roupa
  • sinais de sangue
  • irritabilidade

Reconhecer previamente os sintomas, facilita o tratamento com soluções orais ou até mesmo uma mudança na dieta. A situação não apresentando uma melhora, procure um pediatra para investigar e orientar de forma assertiva.

Observação:

A administração de soluções orais às grávidas e crianças com menos de 8 anos deve ser preferencialmente supervisionada por um profissional de saúde.

Dica de compra

A famosa frase “vai que” para os pais de plantão, foi criada a Bolsa Trocador Balli para facilitar sua vida! Além de bolsa que serve para guardar as coisinhas do bebê, vira um trocador super macio com travesseiro. Acompanha também uma necessaire, para guardar pomadas, fraldas, entre outros acessórios.

Compartilhar com:

PinterestLinkedInFacebookTwitterEmailPrint